De acordo com o último relatório da ANEEL em setembro de 2016

Clique aqui para consultar o relatório da ANEEL completo.

Em setembro de 2016, a Superintendência de Concessões e Autorizações de Geração – SCG da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), divulgou o relatório “Situação das PCHs na ANEEL em 2015 e 2016”.

Os dados informam que durante o período foram analisadas 25 PCHs, e outras 223 estão aptas à outorga, totalizando 248 projetos PCHs que incorporarão novos de 2.862,97 MW a cadeia energética nacional.

Ainda segundo o relatório da SCG ANEEL, comparando com anos anteriores, em 2014 foram 189 as PCHs outorgadas; em 2013 foram 124 e em 2012 apenas 68, sendo possível perceber um crescimento do setor e na procura por essa fonte de geração de energia.

Dentre os estados de maior destaque quanto PCHs disponibilizadas para outorga em 2016, estão Paraná com 49 PCHs, Mato Grosso com 35, Santa Catarina com 34, Rio Grande do Sul com 29, Minas Gerais com 23 e Goiás com 19.

Além das 223 PCHs colocadas na posição de aptas à outorga foram analisados 278 estudos, dos quais destes 105 resultaram em empreendimentos que foram reenquadrados como CGH (<5MW),  127 Projetos Básicos foram hierarquizados em 2º lugar ou inativados.

Ainda de acordo com o relatório, existem 430 estudos em análise ou a serem analisados. Destes, 55 projetos aguardam o recebimento pela ANEEL do seu sumário executivo, até novembro de 2016, que segundo a legislação é a data limite a partir da qual os projetos básicos serão considerados como inativos por desistência.