PLD é fixado em R$ 93,90/MWh no Sudeste e Norte

| Imagem: Google

A CCEE informa que o Preço de Liquidação das Diferenças – PLD para o período entre 10 e 16 de junho caiu 9% nos submercados Sudeste/Centro-Oeste e Norte ao passar dos R$ 103,07/MWh para R$ 93,90/MWh. O preço no Nordeste também foi reduzido (-3%) ao ser fixado em R$ 123,25/MWh. No Sul, o PLD segue no valor mínimo de R$ 33,68/MWh.

 

Os limites de intercâmbio referentes ao recebimento de energia pelo Nordeste são atingidos (apenas no patamar leve), o que descola o preço deste submercado dos demais, assim como o limite de envio pelo Sul em todos os patamares de carga.

 

A previsão de afluências em todo o Sistema, ainda mais otimista frente à expectativa da semana passada (143% frente aos 119% da Média de Longo Termo – MLT), é o principal fator para a redução do PLD. A Energia Natural Afluente - ENA esperada para o mês de junho segue acima da média no Sudeste (113%) e, ainda mais expressiva, no Sul (330%) devido ao grande volume de chuvas na região. As afluências previstas para o Nordeste (34%) e Norte (64%) tiveram leve melhora, mas ainda seguem abaixo da média para o período.

 

A expectativa é que a carga para a próxima semana, por sua vez, deva cair 520 MWmédios em função da entrada de frentes frias nos próximos dias. A redução é esperada no Sudeste (-370 MWmédios) e no Sul (-200 MWMédios), enquanto a carga no Norte deve ficar em torno de 50 MWmédios mais alta. Não há alterações previstas para a carga no Nordeste.

 

Já os níveis dos reservatórios do SIN ficaram praticamente inalterados com queda de apenas 21 MWmédios. As elevações observadas nos submercados Sul (+381 MWmédios) e no Nordeste (+208 MWmédios) foram compensadas pelas reduções no Sudeste (-407 MWmédios) e no Norte (-203 MWmédios).
 

O fator de ajuste do MRE previsto para junho foi revisto de 80,7% para 80,1%. Os Encargos de Serviços do Sistema – ESS são esperados em R$ 88 milhões para o período, sendo R$ 43 milhões referentes à segurança energética.

 

Fonte: CCEE.