Lançamento de CO² por usinas térmicas e áreas de reflorestamento hipoteticamente necessárias para captura

Atualmente o Brasil possui 2,928 mil usinas termelétricas em operação, de acordo com o Banco de Informações de Geração da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), que totalizam aproximadamente 43 mil MW e representam 61,13% do potencial energético instalado nacional.

 

Para produzir 1 MWh térmico são necessários 304,4 litros de óleo diesel e a cada 1 litro de óleo diesel queimado são emitidos 2,57 Kg de dióxido de carbono (CO²), sendo assim na geração de 1MWh são lançados 782 Kg de CO². (304,4 x 2,570), ou seja, se todo o potencial de geração termelétrico estiver ativo, lança-se cerca de (0,782 x 43000)= 33,626 toneladas de CO² por hora.

 

Por outro lado, 1 hectare (10.000 m²) plantado com eucalipto poderia produzir numa suposição otimista, em um ciclo de 30 anos, aproximadamente 500 m³ de madeira, resultando em 400 toneladas de celulose (C6 H10 O5) a qual tem 44,4% de carbono e por isso, corresponde a 177,6 toneladas de carbono (400x0,444) ou 650 toneladas de CO² capturados da atmosfera por hectare de eucaliptos conservados.

 

Se pegarmos como exemplo a Pequena Central Hidrelétrica Canhadão com 10 MW, operando a 65% de sua capacidade, pode substituir uma usina térmica de 6,5MW que lance por ano na atmosfera 44.567 toneladas de CO² (365 (dias) X 24 (horas) X 6,5 (MW) x 0,782 (ton./ MWh). Para compensar essa emissão anual seria necessário plantar a cada ano uma nova gleba de: 68,50 hectares de eucalipto (44 527 / 650) e ao final de um ciclo de 30 anos teríamos uma área de plantio de 30 X 68,50 Hec. = 2055 hectares, equivale a aproximadamente dois mil campos de futebol (90x120m).

 

E se compararmos ambas (PCH Canhadão e uma usina térmica de 6,5 MW) em relação ao preço encontramos o diesel a R$ 3,00 (julho /2016) por litro, portanto, só o preço do combustível custa (304,4 X R$ 3,00) = R$ 913,20 por MWh diesel elétrico, enquanto isto, o MWh hidrelétrico é remunerado ao produtor de uma PCH hidráulica por irrisórios R$ 155,00.

 

Quantidade de monóxido de carbono jogado na atmosfera para produzir 1 MWh de energia elétrica.

 

A quantidade de CO² lançado no meio ambiente para a produção de 1MWh depende do tipo de combustível e do tipo de turbina usada para transformar a energia térmica em energia mecânica e, posteriormente, em energia elétrica através de um gerador. Confira um comparativo entre usinas termelétricas e pequenas centrais hidrelétricas:

 

As usinas termelétricas com turbinas queimando gás natural e óleo diesel jogam na atmosfera aproximadamente 437 e 782 kg de CO2, respectivamente para a produção de 1 MWh.     A poluição é ainda maior nas usinas a base de queima de carvão que lançam em média 1143 kg de CO2 / MWh.


 Em contrapartida as turbinas hidráulicas com geradores movidos a água (PCH e CGH), tem lançamento nulo de CO2 e outros gases altamente poluentes.

 

CLIQUE AQUI para ler o texto original do autor

 

 

 

 

 

 

 

 

Autor: Rinaldo de Andrade Pinto 

Engenheiro Civil - Projetos de Desenvolvimento Sustentáveis

 

 

 

 

 

 

Tags

Destaques