Redução de tarifa da Celg não afeta interesse de investidor, acredita Rufino

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica, Romeu Rufino, afirmou que a redução da tarifa da Celg Distribuição não vai afastar investidores interessados na privatização da empresa, prevista para novembro. As tarifas da concessionária ficarão em média de 9,53% mais baratas no próximo dia 22, como resultado do reajuste anual aprovado pela Aneel nesta terça-feira, 18 de outubro.



Para Rufino, os investidores já tinham claro que o processo tarifário de 2016 levaria a uma redução da tarifa da concessionária. “Todos eles sabem fazer a simulação do efeito tarifário”, explicou o diretor. A exemplo de empresas da região Sudeste que terão reajuste este mês, a Celg teve seus custos influenciados pela redução das despesas da Conta de Desenvolvimento Energético e pela queda expressiva da tarifa de energia de Itaipu.

 

Fonte: Canal Energia