Aneel publica lista com usinas que serão excluídas do MRE

Exclusão vale a partir de 1º de janeiro de 2017

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica publicou nesta sexta-feira, 30 de setembro, no Diário Oficial da União, a relação de usinas hidrelétricas que deverão ficar fora do Mecanismo de Realocação de Energia (MRE) pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) a partir do próximo dia 1º de janeiro de 2017.

 

A vice-presidente da ABRAPCH, Alessandra Torres, esteve na Aneel no dia anterior à publicação (29), em um reunião com a Superintendência de Regulação dos Serviços de Geração (SRG) para conversar sobre o cálculo da geração média de energia elétrica para fins de avaliação da participação no MRE. Na reunião foi explicado que todas as usinas são monitoradas pela SRG desde 2011 e geralmente no mês de agosto é conferido quais são as usinas que estão gerando abaixo da sua faixa mínima e as colocam no patamar de exclusão a partir de janeiro do ano subsequente. Quando há casos de usinas que fazem alguma modernização, é necessário avisar a SRG para que que o cômputo dos meses seja paralisado até que as obras de modernização acabem, de forma a não prejudica a usina nessa contagem a avaliação. "Importante frisar que as usinas apontadas na lista de exclusão e que se sentirem prejudicadas, tem até 10 dias corridos a partir de hoje para entrar com recurso administrativo para a SRG", alerta a vice-presidente da ABRAPCH.

 

 

Para ver a lista de Pequenas Centrais Hidrelétricas e Centrais Geradoras Hidrelétricas excluídas clique aqui.

 

 

Fonte: Redação ABRAPCH