Ministro diz estar confiante com sucesso do leilão da Celg-D

O Ministro de Minas de Energia, Fernando Coelho Filho, disse nesta segunda-feira, 15 de agosto, que está confiante quanto ao sucesso do leilão da concessionária Celg-D, que será realizado na próxima sexta-feira, 19, na BM&FBovespa, em São Paulo.

 

Amanhã termina o prazo para que os interessados aportem as garantias financeiras e, portanto, confirmem presença na licitação, que tem como lance mínimo o valor de R$ 2,8 bilhões, considerado alto por muitas empresas do setor elétrico.

 

“Evidentemente que a gente está vendo de perto algumas dificuldades que foram apontadas por algumas empresas, mas nós tínhamos que colocar a empresa para leilão, vamos aguardar. A gente tem a expectativa que possa dar certo, se não der, a gente vê o que vai fazer”, disse Coelho após participar de reunião com representantes do setor elétrico e da indústria em São Paulo.

 

“A Celg é um bom ativo... Dos ativos que a Eletrobras vai colocar, do ponto de vista de distribuição, é melhor deles. As empresas levantaram a questão do preço e da questão do fundo, e elas estão no papel delas, mas a gente tem muita confiança na qualidade do ativo... Vamos aguardar o resultado do leilão para gente poder se pronunciar”, concluiu o ministro de Minas e Energia.

 

A Celg foi federalizada em janeiro de 2015, passando seu controle acionário para a Eletrobras, sócia majoritária, com 50,93% das ações. Os outros 49% das ações pertencem a Celgpar e há ainda 0,07% que estão sobre o controle de outros acionistas. A concessionária é responsável pela comercialização de energia elétrica em 237 municípios goianos, o que corresponde a mais de 98,7% do território do Estado. Atualmente, atende a mais de 2 milhões de unidades consumidoras e representa 2,4% do consumo de energia elétrica no Brasil.

 

Fonte: Canal Energia